10 dicas para o seu currículo

Olá!

Devido a algumas mensagens colocadas em nosso grupo de discussões, particularmente, recém formados precisando de um estágio ou emprego, resolvi organizar 10 dicas para se observar ao fazer um currículo para esta área.

Estas dicas também são baseadas em
minha experiência, pois já conduzi alguns processos de seleção de estagiários e novos profissionais, recebendo currículos de todos os tipos possíveis…

Vamos nessa…

1 – Que modelo usar?

Este é um conceito erroneamente difundido no meio profissional. Todo mundo busca um modelo ideal de currículo. Mas o que ocorre é que vivemos em uma era de altíssima competitividade e se você pensa que entrar no Google e digitar Modelo de Currículo, baixar o primeiro modelo que aparecer e simplesmente alterar os dados é uma boa opção, você está enganado!

A chance do seu currículo perder visibilidade por estar junto com vários outros no mesmo formato é muito grande, porque quase ninguém quer se dar ao trabalho de elaborar o seu currículo do zero.

Assim, os itens necessários para o seu currículo são:

  • Dados básicos e de contato – Nome completo, estado civil, telefones, e-mail e endereço. Nada de fotos, orkut, MSN, Skype, twitter, CPF, RG, filiação, nome da esposa, etc.
  • Objetivo resumido – respondendo: Por que você quer estagiar/trabalhar naquela empresa?
  • Formação, em ordem cronológica inversa (ou seja, formação mais recente primeiro). Não precisa colocar ensino médio, pré primário, jardim… 🙂
  • Experiência profissional, também em ordem cronológica inversa.
  • Cursos extras que você possua – Não coloque palestras, cursos de informática básica, nem cursos que não tenham relação com seu objetivo, por exemplo: o objetivo está relacionado com estágio na área de instrumentação em uma indústria de celulose e você coloca que fez um curso de panificação. Isso pode ser dito na entrevista.
  • Qualificações – Informe seus conhecimentos em informática, softwares específicos e outras habilidades relevantes ao objetivo.
  • Idiomas – Não coloque que você tem diploma de inglês ou que fez inglês na instituição xyz, apenas indique o idioma e informe se você lê, fala e/ou escreve.
Caso você esteja participando de um processo seletivo de grandes empresas, procure se informar sobre alguma informação adicional que deve estar presente no currículo (ou algo que você não precisa mencionar).
2 – Personalize o objetivo
Sempre que possível, escreva um objetivo personalizado do seu currículo de acordo com a vaga que está em aberto ou de acordo com a empresa para onde o currículo será enviado. Quanto mais específico for o objetivo, maiores serão as chances de seu currículo ser observado.



3 – Resumir sim, abreviar não

Seu currículo deve ser o mais enxuto possível, para evitar a aparência de que lê-lo será desagradável e massante. Mas para isso, procure sintetizar qualificações, objetivos, formação, de maneira que as principais informações não se percam e o que é irrelevante não tome a cena.
Não abuse das abreviações porque o seu currículo pode ficar horrível para se entender e tome cuidado com as siglas, pois, às vezes você está habituado com elas, mas pode ser que quem vai ver o seu currículo, não.
4 –  Revise o português
Já recebi um currículo em que o candidato escreveu “Experiência proficional”. Assim, várias vezes as pessoas erram ao aplicar ss, c, x, ch, dentre outros. Além disso, devido às últimas revisões ortográficas da língua portuguesa, é bom dar uma olhada mais de perto. Você pode ver uma matéria sobre o acordo no site Brasil Escola.
5 – Fique atento aos termos técnicos e nomes
Não é incomum também que os erros de escrita se estendam aos nomes das empresas e outros termos técnicos que possam estar no currículo.
Já recebi um currículo via e-mail onde, tanto no assunto e corpo do e-mail quanto no próprio currículo, o candidato disse que tinha experiência no software AutoCARD (deveria ser AutoCAD). Fiquei comovido e respondi, dizendo para ele corrigir. Em seguida, recebi um e-mail com o texto do e-mail corrigido… mas no currículo ainda estava AutoCARD.
6 – Atenção redobrada com termos em outros idiomas
Parecido com o item 4, este item também é perigoso. O candidato resolve colocar algum termo em inglês para dar uma turbinada no currículo, mas se esquece de verificar como se escreve e pode se dar mal.
Já recebi currículos com os termos: wire less (wireless), layoute (layout), mantenance (maintenance), etc.
Consulte um dicionário na internet ou simplesmente digite a palavra no Google. Se ela estiver errada, ele vai sugerir uma correta. Experimente buscar por layoute no Google e você verá que ele irá sugerir a palavra correta, ou seja, layout.

7 – NÃO USE SOMENTE MAIÚSCULAS

NOS CHATS DA INTERNET, ESCREVER TUDO EM MAIÚSCULO SIGNIFICA QUE VOCÊ ESTÁ GRITANDO, MAS NUM TEXTO OU NUM CURRÍCULO, SE TUDO FOR ESCRITO EM MAIÚSCULO, FICA MAIS DIFÍCIL PARA LER.

Compare a leitura dos demais parágrafos deste post com o parágrafo acima e confirme esta informação. O texto exige um esforço maior para a leitura e pode ser que o avaliador nem queira ler o seu currículo todo.

8 – Ressalte o seu diferencial

Todos os meses eu recebo currículos de recém formados em cursos técnicos em Automação Industrial e profissionais que já atuam na área, que colocam como objetivo atuar na área de programação de PLCs. Ora, Automação Industrial não é somente isso… e por isso, temos às vezes dificuldades em encontrar alguém que trabalhe com supervisórios, IHMs, tenha algum conhecimento em redes industriais, redes wireless ou algum outro diferencial.

Por isso, se você tem algum conhecimento mais específico, experiência em equipamentos aplicados em algum setor (mineração, alimentícia, etc.), não deixe de colocar em seu currículo e de ressaltar isso de alguma maneira, por exemplo, no seu objetivo.

9 – Coloque um bilhetinho
Esta dica eu retirei do livro “Pergunte ao Max: Max Gehringer responde a 164 dúvidas sobre carreira“. Ele sugere que você coloque um bilhetinho à mão, grampeado no seu currículo, com umas cinco linhas, explicando por que você quer trabalhar naquela empresa. Isso chama muito a atenção do selecionador… é um diferencial.
10 – Atenção às referências pessoais
Prepare uma folha à parte contendo o seu nome e dados de contato, constando suas referências, ou seja, pessoas de contato da escola, faculdade ou de empresas pelas quais você tenha passado, que podem ser eventualmente contactadas pela empresa para checar informações ou até mesmo, obterem outras opiniões a seu respeito.
Este item eu vejo com uma singular importância e por isso, acredito que ele não deva fazer parte do seu currículo. Não coloque como referências, pessoas que desenvolvam tarefas similares à sua e/ou que possuam idade muito similar à sua, pois, no caso de um entrevistador ligar para pedir referências, ele pode se interessar pelo perfil da pessoa que você indicou como referência e até contratá-lo!!
Coloque pessoas que trabalhavam em um nível mais elevado que o seu e que possuíam maior experiência na época, por exemplo, professores (se a vaga for para estágio), coordenadores, gerentes e supervisores, pois as chances dessas pessoas se tornarem interessantes para uma vaga que você está concorrendo é menor.
Conclusão
Espero que este post possa lhe ajudar a redigir o seu primeiro currículo ou aprimorá-lo. Lembre-se que o importante na atualidade é o seu diferencial em relação aos demais profissionais do mercado e quanto mais você buscar esse diferencial, melhores serão as suas chances de construir uma carreira sólida.
Um grande abraço!
Outras fontes de consulta
Seguem abaixo outros sites que você poderá consultar para observar outras dicas para o seu currículo:
Anúncios

5 comentários sobre “10 dicas para o seu currículo

  1. Ok cara legal, bom conhecer outros caras que trabalham e divulgam a automação industrial no nosso país. coloquei uma chamada no meu blog para o teu ok? visita!!!
    kleberautomation.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s